Novas tags do HTML5 – Parte 1

Olá pessoal, tudo certo com vocês?

Como prometido no último artigo, começaremos agora o desenvolvimento de uma página simples, utilizando algumas das novas tags introduzidas no HTML5 para que possamos nos familiarizar com a linguagem.

Para iniciar um site, eu costumo fazer um pequeno esboço de como serão divididas as sessões da página. Para isso eu utilizo qualquer editor de imagens. Se você tiver utilizando qualquer versão do Windows, você pode fazer utilizando o Paint. Caso esteja usando alguma distribuição Linux, indico utilizar o Gimp. Este editor é muito mais poderoso que o Paint e além de ser um software livre, você também pode utilizá-lo no Windows.

A seguir seguem dois exemplos de esboço:

Como podemos observar, os exemplos acima são apenas esboços mesmo, como forma de facilitar a codificação eu já inclui as tags que vou utilizar em cada parte da página.

A partir do próximo artigo iremos começar codificar os dois modelos, porém incluindo algumas imagens e textos para melhorar a experiência no desenvolvimento da página.

Caso queira um curso completo para se tornar um desenvolvedor Full Stack, com mais de 80 projetos práticos e mais de 1000 aulas gravadas e constantemente atualizadas, que inclusive tem um módulo específico que trata sobre o HTML5, basta clicar aqui e adquiri-lo por um excelente preço promocional, que estará disponível por pouco tempo. 

Abraços e até a próxima.

Por onde começar

Uma pergunta recorrente feita por quem deseja aprender a desenvolver sistemas é:

“Por onde eu devo começar?”

Essa pergunta é feita por todos que tem o desejo de aprender a desenvolver software, principalmente quem nunca fez um curso na área ou que deseja aprender a programar sozinho.

Eu já vi alguns casos de pessoas que aprenderam sozinhos a programar, pesquisando na internet e fazendo acontecer.

Inicialmente, para você aprender a desenvolver software, costumo dizer que você precisa ser uma pessoa bastante curiosa, visto que com o tempo e a experiência, sua caminhada vai se tornando mais suave e você irá perceber que a curiosidade será sua aliada e após dominar a primeira linguagem de programação você verá que aprender qualquer outra tecnologia será bem mais fácil, pois seu cérebro estará pronto e programado para entender a tão famosa lógica de programação.

Existe um e-book que eu li e recomendo muito, escrito pelo desenvolvedor Guilherme Cherem Grillo, lista passo-a-passo o que você precisa fazer para se tornar um desenvolvedor.

Clique aqui para baixar o e-book.

Esse e-book é um guia completo para quem deseja se tornar um desenvolvedor de software Full-Stack.

Aí você me pergunta:

O que é ser um desenvolvedor Full-Stack?

Este termo é muito conhecido pela comunidade e significa que ao se tornar um desenvolvedor Full-Stack indica que você domina tanto as tecnologias de Front-End (Interface com o usuário – lado do cliente), quanto as tecnologias de Back-End (linguagem de programação – do lado do servidor).

Um forte abraço e nos vemos em breve.